"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Quando o carteiro chegou...


Monteiro Lobato

QUANDO O CARTEIRO CHEGOU...
Cartões-postais a Purezinha
(Organização e apresentação Marisa Lajolo)

Os cartões-postais que este livro reúne acampanham os quase dois anos de noivado do escritor Monteiro Lobato com sua futura esposa, Maria da Pureza Natividade. São textos curtos, vibrantes de paixão e de saudade. Ao mesmo tempo em que reinteram o amor do noivo, dão conta do seu dia-a-dia em Taubaté ou em Areias, pacatas cidadezinhas do interior paulista.
Além da bela história de amor que contam, os cartões-postais aqui reunidos são muito bonitos. Documentam um tempo em que era moda colecionar postais e mostram que, nas mãos de um correspondente tão íntimo da palavra escrita como Monteiro Lobato, o gesto de escrever é sempre uma forma de criação, ainda que em espaços apertados e convencionais como um cartão-postal, onde frente e verso são transformados em desafios para sua imaginação de escritor apaixonado.

Nenhum comentário: