"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Grupo Águas Claras - Sexta 14h





O que é a leitura para você?

Quando pequena, minha mãe lia para mim um livro grosso, bonito, cheio de poesias. Conforme fui crescendo, ela foi parando de ler para mim e o meu gosto pela leitura foi diminuindo. Até que no meu aniversário de 10 anos, minha mãe pegou o mesmo livro de poesias, que ela costumava ler para mim, e o leu novamente. Foi ali que algo mágico aconteceu, o meu gosto pela leitura voltou.

Desde então devoro livros, simplesmente os amo, toda semana e às vezes todos os dias estou com um novo exemplar na mão. Vou às livrarias e as funcionárias já me conhecem, me cumprimentam e já sabem o estilo de livro que gosto. Gosto tanto de ler que até estimulo minhas amigas a ler, uma delas é Bruna Giglio.

Quando leio, entro em um novo mundo, experimento novos valores, novas experiências e até novos pensamentos, cada livro tem um gosto diferente, por isso amo ler.

Ana Carolina Ribeiro Rocha Neves


O que é a leitura para você? 

Eu até gosto de ler, mas eu tenho preguiça. Vejo todas as pessoas que lêem e penso:“eu estou atrasada”,”eu já tinha que ler mais”, “eu tinha que ler mais rápido”. 

Já tentei vários tipos de livro, não me identifiquei com nenhum. Continuo à procura de um que eu goste. 

Quando começo a ler um livro penso: “Eu vou ler até o final”, mas não é bem isso o que acontece. Eu começo o livro toda animada, lendo todo dia... Aí passam umas duas semanas e eu começo a me cansar, já não tenho mais vontade de abri-lo. Então eu acabo parando de ler. 

Espero algum dia ler mais e com mais motivação. Sei que ler é importante porque eu posso aprender novos conteúdos e me distrair. 

Ana Pitombo Telles


O que é a leitura para você? 

Quando eu era pequena, odiava ler! Minha mãe ficava tentando me convencer a ler, me mostrar que era bom, porém eu via aqueles livros sem graça, enormes, que já no título me davam sono. Odiava! 

Com uns 11 anos, minha amiga começou a ler um livro. Parecia ser legalzinho. A capa era fofa, o título criativo e, pelo que ela me contava, a história era bem interessante. Pedi para minha mãe comprá-lo, já pensando que nem o leria, por ter muitas páginas. Minha mãe comprou, toda animada, já que eu queria um livro. Comecei a lê-lo com tédio. Eram as férias do meio do ano e viajamos. Na maior parte da viagem, eu fiquei enrolando para ler o livro. Em um momento da viagem, fiquei sem nada para fazer e comecei a ler. A cada palavra que eu lia minha curiosidade aumentava. Pelo resto da viagem inteira, eu fiquei lendo. 

Quando acabei, pedi para minha mãe a continuação. Depois disso fui lendo diversos livros diferentes e amando cada um. Claro que de alguns livros eu não gostava e até parei de ler as obras daquela escritora, mas um ou dois livros ruins não me impediram de continuar amando ler. Sempre que eu lia um livro chato e desanimava, pensava em todos os livros ótimos que eu já tinha lido. Por esse motivo, eu não desisto de ler. 

A maioria dos meus livros são bons, do começo até o final, mas também já li alguns que só ficavam bons no final ou na metade, como em um do Walcir Carrasco. Comecei a ler um de seus livros e sempre dormia, porém quando cheguei na metade o livro ficou lindo, fofo... Então sempre penso: “não posso julgar o livro pela capa, pelo nome e nem por começo sem graça.” Só julgo um livro depois que eu termino de ler, e é por isso que tenho tantos livros. Cada um tem seu charme. todos são especiais, é só conseguir encontrar o encanto de cada um. 

Maria Carolina de Paiva Jorge


O que é a leitura para você? 

Desde pequena, um “Era uma vez” está na minha rotina. Sentava no sofá e imaginava tudo o que não tinha na minha vida. Pássaros de ouro, princesas e pó de pirlimpimpim conviviam com os outros documentos das gavetinhas do meu cérebro. 

Com 5 anos, aprendi que livros não são só figuras, como imaginávamos até então. Livros são ideias derramadas no papel. Servem para sabermos o que se passa na vida do outro e nos imaginarmos vivendo a mesma história. 

Hoje sei que um livro não acaba quando fechamos as páginas. Eles vivem em nós quando um sorriso se abre em nosso rosto ou quando uma lágrima desliza em nossa pele. Tudo vivido de forma implícita em uma experiência adquirida pela literatura. 

Flávia Brady de Carvalho Gauziski Figuerêdo


O que é a leitura para você? 

Há eras atrás, algumas pessoas inventaram um modo de ir a qualquer lugar sem gastar muito, a escrita. Eu uso esse método constantemente e tenho a ajuda de um amigo que me transporta por aí. Ele pode ser virtual ou de papel, ele é o livro. 

Consulto o livro para esquecer meus problemas, conhecer novas pessoas, me apaixonar também (hahaha) e ir a um mundo paralelo, onde tudo é possível. 

Eu tive as melhores experiências com um personagem da série de livros “Maze Runner” e me apaixonei pelo Newt, mas ele morreu na história e me deixou novamente sozinha no meu quarto, com lágrimas nos olhos. Esse personagem pode nunca ter existido, mas ele viveu e ainda vive no meu coração. 

Lendo um livro você pode se sentir feliz ou sofrer, e sempre valerá a pena. Acho que todos deveriam ter essa experiência. 

Isabella Costa Nogueira


O que é a leitura para você? 

Ler é algo que não me atrai, poucos temas me atraem, nem mesmo temas de jogos, que eu tanto gosto, 

Espero que meu contato com os livros seja maior no futuro, pois será algo que me ajudará muito na hora de fazer uma prova, na hora de conversar com amigos, na hora de escrever melhor. 

Algo que me desperta certa curiosidade são livros sobre filmes que já vi, como “Star Wars”, mas tenho a impressão de que não vou gostar e, por isso, não compro. 

Ler é algo ainda muito distante para mim, por isso prefiro esquecer e substituir por fazer algo diferente. Muitos dos meus amigos e amigas lêem livros grandes. Acho bem legal seus comentários sobre seus livros e espero um dia ser assim também, um leitor interessado. 

Lucas Botti da Costa


O que é a leitura para você? 

A leitura para mim não é um amigo muito próximo, nem muito distante, está no meio termo. Poucos livros realmente me cativam. Interesso-me mais por aventuras, por histórias sobre o cotidiano na escola e, principalmente, por comédia. 

Ler não é algo que faça sempre, é uma experiência pela qual não sou apaixonada. Às vezes, prefiro ficar sozinha e são nesses momentos que mais leio. Normalmente, eu prefiro ir à praia, conversar com minhas amigas e passear, em vez de pegar um livro para ler. 

Nessas férias de julho, por exemplo, um livro chamado Mocassins e All-Star foi muito importante para mim, pois gostei do tema do livro e, em alguns momentos, me identifiquei com a personagem. A história contava a vida de uma adolescente que tinha perdido seu pai e que se mudou para uma nova cidade, mudou de escola e, por conta de sua situação financeira, sofreu preconceito. 

Sei que ler é importante, pois ao passar dos anos tenho percebido o quanto é prazeroso receber algumas informações ou saber palavras novas. 

Maria Eduarda Pinto de Macedo Araújo


O que é a leitura para você? 

Quando era pequena, gostava muito de ler, o livro era importante para mim. Com o passar dos anos, fomos nos distanciando. Ainda gosto de ler, mas essa atividade não é algo presente no meu dia-a-dia. 

Com uns 8 ou 9 anos, era apaixonada por uma série de livros chamada “Diário de uma garota nada popular”. Sempre que um livro da série era lançado, eu tinha que comprá-lo. Um pouco depois, com 10 ou 11 anos, comecei a ler outra série: “As mais”, três livros já tinham sido lançados e eu li dois e comecei a ler o terceiro. Depois disso, só li os livros da escola e não procuro ler sempre. 

Meu interesse e minha procura pela leitura mudaram e meu gênero favorito também. Costumava gostar de diários, mas agora prefiro fantasia, pois tudo pode acontecer. Posso entrar na história e, junto com a personagem, viver aventuras e fazer coisas que sempre quis e que não poderia realizar no mundo real. Recentemente, me reaproximei dos livros através da série “A seleção”. Ganhei o livro há quase dois anos, quando ganhei, li um pouco, mas logo parei. Um dia estava entediada, então voltei a ler o livro e gostei muito da história, já li três livros da série e estou acabando de ler o quarto. 

Sei que ler é importante porque podemos aprender e estudar, mas, para mim, o importante é se divertir durante a leitura. 

Natália Neves Néspoli





Nenhum comentário: