"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Grupo Trovoadas da Imaginação - Terça 14h





O que é a leitura para você?

Quando eu era criança, minha mãe às vezes lia para mim. Algumas histórias eu gostava, outras não.

O livro que me incentivou a gostar mais de ler foi o Querido diário Otário. Hoje leio aventuras, histórias de meninas vaidosas e o meu preferido é Minha vida fora de série. Quando leio esses livros que gosto, fico curiosa para saber o final e me sinto ansiosa até descobrir como eles terminam. A leitura, para mim, é inexplicável!

Isabele Almeida



O que é a leitura para você? 

Eu gosto de ler porque é uma forma de me distrair e descobrir histórias novas. Em um livro você pode aprender palavras, línguas e muitas coisas novas. 

A leitura me proporciona um momento de calma, eu sinto como se não tivesse preocupações. 

Quem me incentivava a ler era a minha mãe, que lia para mim quando eu não sabia ler. Ela fazia isso porque queria que eu soubesse novas palavras. 

Eu busco me divertir ao ler um livro. O que me incentiva a terminá-lo é o meu desejo de saber o que acontece no final da história. 

Recomendo que todos leiam porque os livros nos dão conhecimento e todos devem ter mais sabedoria. 

Gabriel Duarte



O que é a leitura para você?

Algumas pessoas precisam respirar para viver, outras precisam comer, eu preciso ler. Corrói-me saber que algumas pessoas têm repulsa aos livros. Muitos acham que os livros só são livros, mas eu não. Tenho um olhar sensível e diferente. Ao abrir um livro, posso sentir o vento bater nos meus cabelos, a neve quase congelar-me ou o sol escaldante do deserto me engolir, é simplesmente mágico.

Há algum tempo, quando ainda tinha os dentes de leite e brincava de boneca, eu não lembro de alguém ter lido para mim, não me lembro, mas tudo é possível. Sei que observava papai e mamãe concentrados em seus livros, então pensava “O que tem de interessante ali?”. Curiosa, como sempre, resolvi pegar aquele objeto mágico, lembro-me de não entender nenhuma palavra sequer, mas pelas imagens pude ler e imaginar o que quisesse. Cinco anos passaram num piscar de olhos, aquele foi “um pequeno passo para a leitura, porém um grande passo para a menina”.

Um livro é tudo de bom que se pode imaginar, o livro é, realmente, apenas um livro, aquele objeto que te faz voar e realizar todos os seus sonhos.

Luísa Brandão Giraldo







Nenhum comentário: