"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 31 de março de 2009

RESULTADO DA GINCANA

Queridos Alunos e Amigos do PALAVRA MÁGICA,

Muito obrigada por terem aceitado meu convite para participarem desta brincadeira! A vida precisa de alegria, de motivação, de descontração e vocês foram ótimos parceiros nesse jogo!

Para o nosso curso foi uma experiência cheia de novidades e ainda estamos descobrindo como utilizar esse novo espaço interativo.

Não posso negar minha completa surpresa com tantos comentários e, por isso mesmo, minha conclusão de que deveria antecipar o resultado da nossa GINCANA DE PARTICIPAÇÃO para hoje!!!! Há dois grupos que se mostraram extremamente estimulados com o jogo e que alcançaram um número de comentários tão expressivo que já podem ser considerados vitoriosos e tecnicamente empatados. Meus parabéns aos grupos de SEGUNDA 16h e QUINTA 14h.

Quanto aos melhores comentários, continuarei aguardando publicações de qualidade para a avaliação e o anúncio dos vencedores após o dia 9 de abril.


Um abraço em todos,
Simone Mattos


PARA LER E COMENTAR

"O Blog da Família", de Giselda Laporta Nicolelis, conta a história de um adolescente que monta um blog para escrever sobre o cotidiano de sua família e sobre assuntos variados - como escolha profissional, primeiro amor, preconceito e temas atuais.

A autora escreve utilizando o formato dos blogs, com textos postados pelo persanagem Pirata e comentados por vários internautas que acessam seu blog, criando uma rede interessante de troca de idéias, sentimentos e opiniões.

Convidamos você a participar também desse blog. Leia o livro, conheça as opiniões e dúvidas do Pirata. Depois, faça uma análise crítica do texto e publique um parágrafo no blog do Palavra Mágica. Queremos ler suas idéias!

"O Blog da Família", de Giselda Laporta Nicolelis - Atual Editora
Recomendamos a leitura para a faixa etária de 10 a 14 anos.

segunda-feira, 16 de março de 2009

GINCANA DE PARTICIPAÇÃO

O blog do Palavra Mágica é um espaço para compartilharmos produções, idéias e um pouco do que acontece em nosso dia-a-dia. Inauguraremos esse espaço com uma gincana de participação que terminará no dia 09 de abril de 2009, véspera da Páscoa.

Cada grupo produziu coletivamente um texto que foi postado no blog. Ganhará a gincana o texto que motivar o maior números de comentários. Não será uma avaliação de qualidade, mas de participação!

Você pode enviar diversos comentários usando seu próprio nome ou brincando com a criação de personagens.

Convide seus amigos e familiares a entrarem no blog. Eles conhecerão suas idéias e deixarão comentários sobre sua criação. Através dessa divertida gincana, o ciclo: AUTOR, IDÉIA, ESCRITA, REVISÃO, LEITOR, se fecha, se completa.

O grupo vencedor irá a uma pizzaria acompanhado pelos professores do curso.

Atenção! Vamos premiar também os dois comentários melhor elaborados. Vale comentar todos os textos!


Passo a passo para participar:

  • Leia os textos postados.
  • Embaixo de cada texto, você encontrará escrito COMENTÁRIOS. Clique e dê a sua opinião.
  • Na janela "selecionar perfil" marque NOME/URL e digite seu nome.
  • Lembre-se que o respeito pelo outro é essencial. Aceitaremos palavras generosas e críticas construtivas.

ATENÇÃO! Comentários idênticos do mesmo participante valerão como um. Seja criativo, seu comentário poderá ser premiado!
Participe!

"Como Começa?"


Durante a leitura do livro Como Começa?, de Silvana Tavano, percebemos como podemos guiar as nossas idéias de acordo com determinado tema escolhido. A autora escreveu sobre começos, sobre como cada coisa tem um jeito de começar e como cada jeito leva as coisas para um lugar. Ela falou sobre amizade, bocejos, risadas, árvores, mar, desenhos... sem perder seu foco principal: a idéia de escrever sobre começos!
Exercitamos nossas idéias escolhendo um tema e buscando as possibilidades de criação que se encaixavam dentro dele. Escrevemos coletivamente um texto poético e desenvolvemos a capacidade de aproveitar, diante de inúmeras possibilidades, as idéias que mais combinavam com aquilo que nos propomos. Para começar, escolhemos um verbo para servir de tema – fio condutor de nossa produção.

Grupo Diversão e Aprendizagem - Segunda-feira - 9 horas

COMO BRINCAR?

A gente brinca se divertindo com os amigos. Brincar com os amigos é melhor do que brincar sozinho!
Quando a gente não tem brinquedo, tem que usar a criatividade. No outro dia, o João Gabriel transformou uma borracha num carrinho, colocando quatro rodinhas velhas nela. Assim, a sucata virou brinquedo!
No Palavra Mágica, a gente inventa muitas coisas. Um dia, o Luiz Cláudio fingiu que os óculos escuros da tia Simone eram os óculos do motoqueiro fantasma, e o João Gabriel fingiu que a caixa de óculos de grau da tia era um PSP.
As nossas brincadeiras preferidas são: pique esconde, montar lego, lutar com bonecos, andar de bicicleta, construir cabanas com lençol e espionagem.
Quando temos uma bola, adoramos jogar futebol! Nas festas, brincamos muito de dar salto mortal no pula-pula.
Às vezes, não temos ninguém para brincar, aí inventamos um amigo imaginário, ou jogamos Play Station 2.
Brincar é muito bom! Faz a gente se sentir animado e alegre. Brincar faz a gente se sentir feliz, porque tudo fica engraçado.


João Gabriel Abreu
Luiz Cláudio Fonseca

segunda-feira, 9 de março de 2009

Grupo Vivendo e Aprendendo - Segunda-feira - 16 horas

COMO APRENDER?

Cada um tem seu jeito de aprender. Uns preferem estudar fazendo resumo. Outros lendo, várias vezes, até decorar. Alguns fazem música para se lembrar.
Tem gente que estuda na véspera da prova, e tem gente que se prepara ao longo do período.
Há pessoas que se reúnem para trocar conhecimento e aprender umas com as outras. Há alunos que optam por realizar seus trabalhos sozinhos. Existe também quem marque para fazer atividades em grupo, mas se junte com amigos apenas para brincar e conversar.
Dizem que quem não “cola”, não sai da escola, mas alguns preferem não se arriscar, para o professor não pegar. Pode-se colar por diversas razões: por falta de estudo, por esquecimento da matéria, por insegurança, por dúvidas, por falta de tempo para terminar a prova, ou por não ter conseguido entender o enunciado da questão.
No Brasil, atualmente, o aluno que aprende com facilidade é motivo de “zoação”. Ele sofre pelo preconceito de alguns que irão critica-lo, e ainda colocarão apelidos de mau gosto para provoca-lo.
Não se aprende só na escola. A vida nos ensina a todo dia e a toda hora. Podemos aprender de um jeito bom, com alegria, nos momentos de felicidade e realização. Porém, muitas descobertas importantes encontramos nos momentos de tristeza, de derrota e de dor.
Para aprender é preciso ter coragem de errar. O conhecimento nasce em cada erro e ele nunca termina, porque quanto mais sabemos, mais temos vontade de aprender.

Rodrigo Kapiska
João Pedro Longuinho
Renata Tostes
João Guilherme
Yago Mathuiy
Letícia Rodriguez
Camila Rodriguez

Grupo Voltando ao Assunto - Quinta-feira - 14 horas

COMO SER?

Cada um tem um jeito de ser. E não importa como você seja, todos devem aceitar a sua forma de viver, desde que seu modo de agir não fira ninguém.
Todos têm o direito de escolher como querem ser: moleques, sérios, pessimistas, bem-humorados, carismáticos, sedutores, tímidos, rigorosos, metidos, agressivos, cuidadosos, vaidosos, gentis... E você, como é? Já se observou?
O auto-conhecimento é um poder que nos ajuda a nos entendermos melhor e a nos relacionarmos melhor com o próximo. Saber quem somos permitirá escolhermos bons amigos, pessoas com as quais tenhamos afinidade, escolhamos os lugares que queremos freqüentar, assim como nossas profissões.
A personalidade de cada um vai sendo construída ao longo da infância, e é na diferença entre as pessoas que está a grande riqueza da vida. Qual seria a graça de conviver somente com pessoas iguais a nós?


Ana Carolina Lugullo
Manoella Rodrigues
Pedro Pontes
Hugo Dacach
Luiz Puntel
Cássio

Grupo Pedros e Los Hermanos - Quinta-feira - 16 horas

COMO VENCER?

Há várias maneiras de ser um vencedor.
Para tornar-se vitorioso é necessário ter perseverança, dedicação e esforço pessoal. Ninguém chega ao sucesso sem lutar até o final.
As derrotas fazem parte desse caminho, mas nem sempre levantamos sozinhos. A ajuda é importante e nos faz seguir adiante. Com solidariedade e muita força de vontade, superamos as dificuldades.
Vencer não é ter dinheiro, nem fama, necessariamente. É arriscar e acreditar em si para chegar lá.
Há prêmios que podem ser medidos, calculados, contados. Há outros que só serão percebidos por quem os tiver conquistados. O que para um é muito simples e até insignificante, para outro pode fazê-lo sentir-se gigante.
Todos querem vencer. Faz parte da vida encontrar a sua motivação pessoal e descobrir qual é o seu ideal. O sentimento de satisfação e a emoção da vitória, são as maiores recompensas de toda essa história.


Pedro Bezerra
Lucas Pinheiro
Camila Carneiro
Pedro Perfigli
Pedro Araújo
Thays Corrêa
Juliana Pereira
Anderson Tobias

Grupo Sonhos Reais - Quinta-feira - 9 horas

COMO ESCOLHER?

Como escolher a palavra certa para começar este texto? As decisões da nossa vida devem ser tomadas de forma que não nos machuquemos e não nos arrependamos. Entretanto, não é tão fácil decidir. Na maioria dos casos temos dúvidas que nos confundem.
Algumas escolhas parecem simples para uns, mas difíceis para outros. Escolher a roupa que vamos usar pode ser fácil para aqueles que são básicos e se vestem sempre da mesma forma. Mas para outros, a roupa varia de acordo com o humor, o tempo, o estilo e o destino.
As decisões mais difíceis envolvem os relacionamentos. Quando começamos uma amizade com alguém, devemos escolher a pessoa certa para nos relacionarmos, os momentos necessários para procura-la e os caminhos corretos para seguirmos juntos. Sempre que estamos tristes, contamos com os melhores e verdadeiros amigos. Algumas dessas amizades às vezes se transformam em namoros. Para isso, é preciso ter confiança e muito carinho pela pessoa que escolhemos.
As escolhas mais importantes da vida decidem o nosso futuro. A faculdade, a profissão, o lugar onde vamos viver, são escolhas definitivas. Muitas vezes, temos que contrariar as pessoas com quem convivemos para fazer as nossas escolhas. A nossa felicidade está em jogo. Afinal, “quem trabalha no que gosta não trabalha, faz o que gosta”.


Juliana Mello
Thais Pinheiro
Victor Peixoto

Grupo Lembramos do Passado Pensamos no Presente Seremos no Futuro - Quarta-feira 18 horas

COMO SE APAGA?

Cada coisa se apaga de um jeito.
Quando escrevemos à caneta e erramos, apagamos com Liquid Paper, mas a marca branca do corretivo mancha o papel.
Se utilizarmos o lápis e borrarmos ou se trocarmos uma palavra, teremos que apagar com a borracha.
Com o computador, corrigir um erro ou um engano é muito fácil, basta apertar o botão “DELETE”.
Existe um jeito de apagar programas e pessoas da nossa lista de amigos do MSN. Os programas que a gente baixou e não gostou, podem ser excluídos, jogados na lixeira.
As pessoas que não queremos em contato conosco, bloqueamos ou botamos no status “OFF LINE”, para ela achar que saímos do computador.
Também podemos apagar sentimentos ruins do nosso coração. Se alguém nos magoa, dentro de nós nasce a raiva, o ódio e a tristeza, trazendo uma dor que deve ser apagada de nossas vidas.
Se alguém se sente prejudicado, injustiçado porque não tem o que quer e vê que outras pessoas conseguem tudo com facilidade, ela pode ficar com inveja se perguntando:
POR QUÊ?
Mas a inveja adoece e mata, e esse sentimento deve ser apagado.
Para consertar os erros de todos os tipos, é preciso saber APAGAR!!!


Bernardo Araújo
Lucas Milo
Cláudio Pacheco Jr.
Pedro Lúcio Picanço
João Pedro Molina

Grupo Sintonizados com o Mundo - Quarta-feira - 16 horas

COMO VIAJAR?

Já preparou suas malas? Venha conosco fazer uma viagem! Vamos explorar um mundo de infinitas possibilidades e pensamentos.
Nossos roteiros incluem diferentes opções: uma viagem de avião até a Ilha da Imaginação; um passeio num ônibus espacial até o Planeta do Absurdo; uma breve passagem, quase que imperceptível, pela Terra da Desatenção; um convite para surfar na Praia da WEB, sem nem sair do lugar; e até um simples cruzeiro pelo Litoral Brasileiro.
No pacote da viagem de avião, vale criar sua própria programação de acordo com a sua imaginação, inventar atividades de lazer e diversão.
Na viagem interplanetária, tudo fica sem pé nem cabeça, o provável desaparece e o improvável permanece. Nesse planeta nada é como se espera.
Ao chegar à Terra da Desatenção, a razão se perde, a lógica se desliza e, mesmo sem intenção, o seu olhar vai mergulhar no vazio, na imensidão.
Para seguir seu destino em direção à Praia da WEB, pegue sua prancha virtual, reme até o html e prepare-se para uma experiência radical.
Se você preferir uma viagem menos ousada, garanta já o seu lugar num grande navio, que estará costeando o Brasil nas próximas férias de verão.
E então? Já escolheu o seu pacote? Esse pequeno texto já foi uma demonstração do que temos para lhe oferecer. Obrigado por sua companhia! Escolha seu roteiro e boa viagem!


Nicholas Melo
Paloma Boldrini

Grupo Contestamos, Se Possível (ou não...) - Quarta-feira - 14 horas

COMO TERMINA?

Tudo tem um começo, mas será que tudo tem um fim? Os números não têm fim e o tempo parece não ter também. Só que ambos são imateriais. As idéias podem ser infinitas, mas elas só existirão enquanto a vida tiver sentido.
As coisas vivas e materiais com certeza vão acabar algum dia. Tudo o que é vivo nasce e morre. O término existirá, mas como será? Ninguém sabe quando, como ou por quê. Poderia ter sido ontem, pode ser hoje, poderá ser amanhã. Ter a consciência da morte faz com que a raça humana tenha um grau de responsabilidade maior sobre o tempo.
Não há vida sem água. Todos os recursos naturais são fundamentais para o homem na sociedade moderna. Entretanto, eles podem se extinguir levando junto com eles tudo o que é vivo. Esse fim ocorrerá... ou não. Depende de nós.


Isadora Guedes
Isabela Albuquerque
Iago Drumond
Fernando Gameleira
Julia Kapiska

Leonardo Cabral

Grupo Criando Textos - Quarta-feira - 9 horas

COMO CRIAR?

Qualquer pessoa é capaz de criar, basta ter imaginação.
Os cientistas inventam muitas novidades. Eles fazem descobertas para ajudar a humanidade a evoluir com novas tecnologias e mais recursos, procurando melhorar o mundo.
Todos podem fazer experiências. É divertido brincar de criar.
Nada existiria sem o momento da criação. A música, antes de ser ouvida, por nós precisa ser composta. O livro, antes de ser lido, precisa ser escrito. O quadro, antes de ser visto, precisa ser pintado. Uma casa, antes de ser habitada, precisa ser construída. Um bolo de chocolate, antes de ser comido, precisa ser feito.
Algumas pessoas têm medo de criar, porque sentem vergonha diante de pessoas estranhas, e porque têm medo de serem criticadas.
Quando a gente descobre que criar é bom, surgem o orgulho, a alegria e a paixão, por pensar algo diferente e novo.


Luiz Felipe Campos
Yuri Guedes
Salim Saud
Matheus Pilotto
Fabio dos Santos
Ana Beatriz Luna

Grupo Festa das Letras - Terça-feira - 18 horas

COMO FALAR?

Cada um tem o seu jeito de falar. Usamos expressões para avisar, mas acabam por nos identificar.
Há quem fale cantando. Há quem puxe pelo “R”, deslize pelo “S” ou até exagere no uso do “L”. Há quem fale pelos cotovelos e quem fale com os olhos.
Muitas pessoas falam coisas erradas, palavras horríveis que não servem para nada. Falam, falam, falam e não agem. Falam muito, mas não dizem nada.
Conversar é bom! É um caminho para fazer amigos. Um tímido pode falar pouco, mas falar bonito. O extrovertido consegue quebrar o gelo em qualquer ambiente. Dialogar é saber falar e ouvir.
É uma arte falar com delicadeza. A comunicação acontece facilmente pois, como já dizia o poeta, GENTILEZA GERA GENTILEZA.
Dizem que aqueles que gritam e exigem o que querem na marra, são poderosos e importantes, mas na verdade, aqueles que têm o poder da persuasão, que dizem o que querem com educação, são os que saem ganhando.


Rafaela Prado
Paula Damasco
João Gualberto

Grupo Os Pensadores - Terça-feira 16 horas

COMO SE SONHA?

Cada um tem um jeito de sonhar. Nem todo sonho é perfeito, às vezes é bom, quando se sonha direito. Tem vezes que é ruim e você quer que ele suma como SIMSALABIM.
Quando se está tendo um pesadelo, dá vontade de acordar. Quando se está tendo um sonho bom, dá vontade de continuar.
Dizem que quando comemos feijoada demais à noite, acaba a nossa paz. Se brincamos com fogo podemos fazer “xixi” na cama, e depois a mãe reclama.
O primeiro bocejo avisa que o sono está chegando. Às vezes temos que, obrigatoriamente, mandá-lo embora, pois não podemos dormir naquela hora.
Às vezes não sabemos com o que sonhamos, outras vezes de tudo lembramos. Quem cuida do nosso sonho é o subconsciente, ele pega tudo o que encontra na mente, bom ou ruim, ele manda para a gente.
O sonho sonhado pelo sonhador é um sonho que se sonha acordado, na cadeira, no sofá, em pé ou deitado.


Derek Postka
Gabriel Rodrigues
Bruna Ramos
Caio Degli
Débora Saboia