"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

LEMBRETE!

A partir desta semana, começaremos a preparar o presente de fim de ano para o amigo secreto.

(Material de João Pedro)

Alguns alunos já providenciaram o material: tecido de algodão (30cmX30cm), três lápis e um cartão de Natal. Muitos estão incrementando a lista, acrescentando elementos para deixar seu amigo mais feliz.

Se você ainda não trouxe, providencie! Não deixe de personalizar o seu presente com suas escolhas!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Comunicado

As aulas no Palavra Mágica irão até dia 18 de dezembro.
Programamos para esses encontros diversas atividades importantes de produção artística e textual que serão expostas no dia 20 de dezembro.

Pedimos a colaboração dos pais para que evitem que seus filhos se ausentem do curso nesse período de finalização.

Contamos com a participação de todos!

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

PRESENTE PARA O AMIGO SECRETO



Já compramos os porta-lápis que serão preparados pelos alunos como presente de fim de ano do amigo secreto. São peças de MDF que forraremos com tecido.

Para que as peças fiquem personalizadas, pedimos que cada um traga de casa um pedaço de tecido de algodão estampado (30cmX30cm), três lápis e um belo cartão. Use a criatividade para acrescentar mais ítens decorativos a essa lista.
Lembrem-se de que a estampa escolhida deve agradar primeiramente seu amigo secreto!

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

PRODUÇÃO ARTÍSTICA COLETIVA

Inspirados pela comemoração do Ano Internacional da Astronomia, pela comemoração dos 4 séculos desde que Galileu Galilei fez as primeiras observações telescópicas e pelo livro O Pequeno Príncipe, de Antoine Sant-Exupéry, convidamos os nossos alunos a fazerem uma produção artística coletiva criando um planeta que contivesse apenas o essencial.

Em seguida, todos farão uma produção poética que os apresente e os identifiquem como únicos no Universo, revelando como se posicionam diante do mundo ao seu redor.


Os grupos se organizaram, trouxeram o material combinado e puseram mãos na massa! Selecionamos alguns momentos dos grupos CRIANDO TEXTOS, FESTA DAS LETRAS e SINTONIZADOS COM O MUNDO transformando idéias em arte!


Grupo FESTA DAS LETRAS


Grupo VIVENDO E APRENDENDO






Grupo CRIANDO TEXTOS








Grupo FESTA DAS LETRAS


Grupo SINTONIZADOS COM O MUNDO






Saindo do forno... produção de planetas!

O planeta do Grupo VIVENDO E APRENDENDO.


Planeta do Grupo CONTESTAMOS, SE POSSÍVEL (OU NÃO)

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Parabéns, Gabriel!

Recebemos com muita satisfação a notícia de que um de nossos alunos, Gabriel da Costa Rodrigues, 7° ano, teve seu texto escolhido em sua escola - Colégio São Vicente de Paulo - para ser publicado na Coletânea de Trabalhos Selecionados no Projeto Redação 2009.

O texto foi escrito na escola. Gabriel nos trouxe um exemplar do livro, onde escreveu uma bela dedicatória.

"Para Simone,
Que tanto me ajudou,
Que me indicou o caminho certo a seguir
E me ensinou a dar vida às palavras."


O PEQUENO JOGADOR

Essa é a história de um menino,
parecia um botão de tão pequenino.
Brincava de bola, cheio de sol
um chute, dois chutes, direto para o gol.

Era um menino inteligente,
que queria estudar.
Mas como não podia
os outros caçoavam dele sem parar.

O menino pobre, negro e sem casa
voltava para rua desapontado.
Só tinha um tostão no bolso furado
e seu sonho de ser jogador havia acabado.

Aquele tostão que o garoto guardava
deu para um mendigo que ali esperava.
Com frio e com fome, o mendigo falou:
“Deus me mandou aqui e você me ajudou”.

Naquele instante o mendigo foi embora.
Apareceu um homem na mesma hora.
O homem chamou o menino para seu time
um time de crianças muito conhecido.

O menino cresceu, virou jogador
e, até hoje, os meninos que caçoavam dele
o veem jogar, na televisão.
Eles se arrependeram da zoação.
O conceito de Deus é não ter preconceito!

Gabriel da Costa Rodrigues

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Programação Cultural


"As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam.. Tu, porém, terás estrelas como ninguém... Quero dizer: quando olhares o céu de noite, (porque habitarei uma delas e estarei rindo), então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir! Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá). Terás vontade de rir comigo. E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto... e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!"
(Antoine de Saint-Exupéry)


Estamos trabalhando em sala de aula com o livro O Pequeno Príncipe, de Antoine Saint-Exupéry. Em uma roda de leitura, os alunos estão conhecendo alguns capítulos dessa história encantada.
Aproveitamos para sugerir uma programação imperdível: a exposição "O Pequeno Príncipe na Oca" inaugurada recentemente em São Paulo.

"O Pequeno Príncipe" e Exupéry
(CLÁUDIA IZUMI colaboração para a Folha Online, Rafael Hupsel/Folha Imagem - Texto reduzido)

A exposição "O Pequeno Príncipe na Oca", foi inaugurada na última quinta-feira (22) como parte das comemorações do Ano da França no Brasil. Na verdade, são duas exposições gigantescas em um mesmo local - uma sobre o livro infantil e a outra sobre o escritor Antoine de Saint-Exupéry.
Exupéry sobreviveu a um acidente, em 1935, quando planejava ganhar uma bolada em dinheiro por cumprir a rota França-Saigon, em uma corrida aérea, mas seu avião se desviou do caminho e acabou caindo no deserto libanês. Esse último episódio gerou a inspiração para a obra "O Pequeno Príncipe". Na ala dedicada ao pequeno personagem de cabelos cor de trigo, as crianças terão diversão à vontade. Há vários espaços temáticos, que remetem ao livro, para serem percorridos. Os pais, provavelmente, sairão com vontade de relembrar e reler a história com seus filhos.
Com material inédito até mesmo na França, a cenografia assinada por nomes importantes do meio - Daniela Thomas e Felipe Tassara - também reserva momentos de pura fantasia em dois andares inteiros da Oca. Como a orientação que os visitantes recebem logo ao entrar na mostra, a sugestão que fica é: siga as estrelas da exposição e deixe-se conduzir ao mundo único do Pequeno Príncipe e de seu criador.



Oca - Parque do Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, Ibirapuera, região sul, São Paulo, SP. Ter. a sex.: 9h às 19h. Sáb., dom. e feriados: 10h às 20h. Até 20/12/2010.