"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Uma poesia, um presente


Recebemos de Simone Braga, mãe de nosso aluno João Gualberto, um presente especial.

Muito obrigada, Simone, por suas palavras.


"Querida Simone Mattos,

Nós adoramos a magia do Palavra e todo o calor que nossos filhos encontram aí. Não pude deixar de copiar uma poesia que estava escrita na parede de um Posto de Saúde e, lógico, de pensar em enviá-la para você, porque é a cara do Palavra Mágica.

Beijos,
Simone Braga (mãe do João Gualberto)"


Convite

Poesia
é brincar com palavras
como se brinca
com bola, papagaio, pião.

Só que
bola, papagaio, pião
de tanto brincar
se gastam.

As palavras não:
quanto mais se brinca
com elas
mais novas ficam

Como água do rio
que é água sempre nova.

Como cada dia
que é sempre um novo dia.

Vamos brincar de poesia?

(Do livro Poemas para Brincar, de José Paulo Paes - Ed. Ática. Prêmio Jabuti/1991 de Melhor Livro Infantil e Melhor Ilustração de Livro Infantil e Juvenil)

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Aquecendo a imaginação!

Iniciamos este ano letivo com o projeto DIARIAMENTE.
Na primeira etapa de trabalho, nossos alunos assistiram a um pequeno trecho de um seriado de animação e foram convidados para um exercício de auto conhecimento e imaginação.
Cada um deles descreveu como seria o seu acampamento de férias - um lugar que combinasse com seus interesses e habilidades.
Após o carnaval, começaremos a montar maquetes, onde cada aluno será representado por sua barraca de camping. Para que a caracterização fique fiel ao trabalho descritivo, pedimos que todos tragam elementos que possam ilustrar suas ideias.

Participe conosco desse processo criativo!
ACAMPAMENTO IMAGINÁRIO

As barracas feitas em origami já estão prontas! Agora, você vai enfeitá-las.