"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Ano Internacional da Biodiversidade


“Havia muitas flores a serem pintadas.”
(Margaret Mee)
Cada grupo do Palavra Mágica escolheu uma flor para retratar. Mas antes de usarem os pincéis, nossos alunos estão pesquisando sobre suas flores. É preciso conhecer!

O trabalho de pesquisa e a produção artística serão seguidos por duas produções textuais: uma poesia e um texto dissertativo.









sexta-feira, 20 de agosto de 2010

ENCONTRO COM OS PAIS


QUALIDADE DE VIDA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

ANO INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE
Projeto Árvore da Vida - Cultura e Meio Ambiente

“Os dois maiores presentes que podemos dar aos filhos são raízes e asas.”



Recebemos, no final da tarde de quarta feira, o ambientalista Luiz Nelson Faria Cardoso, proprietário da RPPN Fazenda Bom Retiro, para uma conversa sobre meio ambiente.



Parabéns pela PRESENÇA!











MAÇÃ, COUVE, CHICÓRIA, SEMENTES GERMINADAS, BROTOS DE TRIGO... ENERGIA PARA VIVER!

Degustamos o suco de clorofila preparado por Aline Almeida Chaves e acompanhamos algumas etapas da produção dessa bebida tão nutritiva.





Saúde!




Aprendemos uma canção indígena e agradecemos o alimento recebido.




Cantamos parabéns para os pais do Palavra Mágica.




TEMPERANDO A VIDA!
Alecrim, manjericão verde e roxo, hortelã e orégano! Cada aluno escolheu uma muda de erva para presentear seu pai.





Muito obrigada pela participação de todos!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

FRANS KRAJCBERG


UM HOMEM, SUA ARTE, UMA LUTA, SUA MISSÃO
Simone Mattos


“Eu transformo cinzas em obras de arte, eu dou vida ao que já morreu... Gostaria de tocar as cinzas de gente, meus familiares, e trazê-los de volta. Como isso eu não posso... faço meu trabalho, dou vida a pedaços de madeira queimada... eu faço o que tenho que fazer.”

Frans Krajcberg explicou assim a sua arte, a sua expressão, a sua forma de vida. Justificou-se, dessa forma, quando foi provocado por um jornalista, em entrevista coletiva: “O senhor não se sente frustrado por ser um artista plástico de enorme sucesso e não ter conseguido, como ambientalista, evitar as queimadas e o desmatamento?”

Krajcberg nasceu em 1921, na Polônia, e viveu os horrores da Segunda Guerra Mundial, quando sua família foi dizimada em campos de concentração. Após a guerra dedicou-se, integralmente, à arte. Veio para o Brasil, em 1947, e aqui presenciou as queimadas de florestas inteiras no Norte do Paraná e, posteriormente, no Mato Grosso.

É a história de um homem que não trabalha com a morte, mas com a ressurreição, com o renascimento de si mesmo através da sua obra. Um homem que, colocado tantas vezes diante da morte, escolheu defender a vida. E com sua atividade transformou em protesto cada um de seus gestos.

Cada um de nós tem uma história e não há como fugir dela, é um esforço vão, que só reforça a dor. É preciso que encontremos em nossas histórias motivo de orgulho e que possamos assumir as dores que nos cabem, para darmos sentido ao inexplicável. Não é possível apagarmos os fatos marcantes e tristes de nossas histórias pessoais, mas podemos conseguir olhá-los alterando perspectivas.

Seja através das artes plásticas, da música, do cinema, do trabalho voluntário, dos textos, dos esportes, ou de qualquer outra forma de expressão utilizada para repensar os dramáticos momentos da vida, voltar a sorrir é uma grande prova de que o distanciamento se deu. Poder rir da própria história, embora o fato permaneça, é a prova de que suas lembranças já não doem como antes.

A imagem deste homem sorrindo é uma benção, uma esperança. Porque não se trata de passar a vida fazendo esculturas, mas de procurar formas para o grito que ele não consegue segurar (nem deveria). Para Frans Krajcberg a questão hoje é: “Como fazer gritar uma escultura como se fosse sua própria voz.”

Em nome da preservação do ser humano sensível e saudável que há em cada um de nós, não podemos negar a nossa história, nem fugir dela, mas devemos incluir o que dói: sentir, viver, reconhecer, elaborar, suportar e superar, transformando cinzas em arte.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Palestra para os pais!


ENCONTRO COM OS PAPAIS DO PALAVRA MÁGICA


Convidamos os papais do Palavra Mágica para uma palestra com o ambientalista Luiz Nelson Faria Cardoso, proprietário da RPPN Fazenda Bom Retiro.


Nesse dia, receberemos  Aline Almeida Chaves, especialista em alimentação viva. Degustaremos um delicioso suco de clorofila que será feito durante sua apresentação e conheceremos os benefícios dessa culinária


Encerraremos nosso encontro presenteando os pais com uma surpresinha e cantando parabéns em homenagem ao seu dia.

Dia 18 de agosto
(quarta-feira)
às 18 horas
Sala VIP - Prédio 100

IMPORTANTE

Em função de uma limitação de espaço, reservaremos vaga para um aluno e um responsável.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

ACAMPAMENTO - AULA PASSEIO 2010


ACANTONAMENTO PALAVRA MÁGICA

Reserva Particular do Patrimônio Natural
Fazenda Bom Retiro - Aldeia Velha

Aproveitamos as férias para visitarmos mais uma vez o local escolhido para realizarmos a nossa aula passeio de 2010. Fotografamos um pouco do que será visto e vivido por nossos alunos, uma pequena amostra do que conheceremos e experimentaremos nos dias 11 e 12 de setembro.



A FAZENDA
 Natureza abundante - respeito e cuidado.
A RPPN Fazenda Bom Retiro tem dentro dos seus limites mais de 400 ha de Mata Atlântica em ótimo estado de conservação.



Faremos caminhadas e conheceremos de perto a fauna e a flora da Mata Atlântica.
Na fazenda, já foram identificados mais de 110 espécies de pássaros: muitas cores, beleza e musicalidade. Também poderemos encontrar moradores ilustres como o mico-leão-dourado.


Tomaremos banhos em piscinas naturais, onde as águas do rio são calmas.



Percorreremos a alameda dos alecrins e conheceremos a história dessa erva símbolo da alegria e da amizade.



OFICINA DA TERRA

Participaremos de uma atividade de artes plásticas. Aprenderemos a preparar tintas naturais através do uso de terra em vários tons. Cada aluno pintará uma peça de barro e levará para casa seu trabalho.



As placas de sinalização usadas na Reserva foram pintadas com tintas naturais fabricadas na própria fazenda.




OFICINA DE ALIMENTAÇÃO VIVA

Conheceremos a "CRUZINHA", local onde os alimentos são preparados!
Aprenderemos o que é alimentação viva, prepararemos nosso prato e experimentaremos novos sabores.



Sementes, brotos, talharim feito a partir de batata crua... muitas novidades no cardápio!



segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Dia dos Pais


Desejamos a todos os pais do PALAVRA MÁGICA um mês muito feliz! Que todos possam comemorar a realização da paternidade, bem pertinho desses meninos e meninas que não param de crescer, vivendo todos os dias o orgulho de vê-los progredir, amadurecer e enfrentar a vida com coragem e dignidade.

Parabéns pelo seu dia e pelos filhos maravilhosos que têm!


(O Homem que Amava Caixas - Stephen Michael King)