"E a minha procura ficará sendo minha palavra."
(Carlos Drummond de Andrade)

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Poesias


"Entre pedras
cresceu a minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores."
(Cora Coralina)

As flores sempre inspiraram os poetas. Sua beleza de cores vibrantes e formas delicadas, seu perfume suave, a textura de suas pétalas e o equilíbrio de seu desenho geométrico... Todas essas idéias fazem das flores poderosas metáforas nas mãos dos artistas da palavra. As flores ganham o valor simbólico de uma vida a desabrochar, são presentes que representam carinho e amor, são o retrato da beleza feminina e da perfeição da natureza.

Nossos alunos leram e interpretaram poesias de Cecília Meireles, Cora Coralina e Carlos Drummond de Andrade. Ouviram músicas de Cartola, Cazuza, Tony Bellotto... Sentiram-se preparados para escreverem seus versos e fizeram brotar belos poemas.


GRUPO O DIREITO DE NÃO SABER - FLOR BEIJINHO


BEIJINHO
Karina Costa

Essa flor é perfeita para dar ao seu amor
E em troca você vai receber belos corações, pode crer.
Em seu rosto um belo sorriso você vai ver.
Quando a aurora nascer,
Belas cores vão aparecer
Na flor de amor,
Que lembra alegria
E me dá euforia,
Trazendo um beijinho perfumado
Para inspirar a criação da minha poesia.

MEU DOCE BEIJINHO
Derek Poustka


Roubaram-me um beijinho!
De um jardim tão extenso como este
Roubaram-me logo este
Que me trazia alegria e poesia
Com uma energia que me contagia
Me estabiliza e me realiza


Quem será que a roubou?
Foi ele, foi você ou foram eles?
Quem? Não importa!
Só me importa que
Traga-a de volta


Quem ama
E teve seu amor roubado
Espera um dia ser amado
Por um amor
Que do seu coração não seja levado



FLOR DO AMOR
Izabel A. Ribeiro


Um beijinho,
Repleto de carinho,
Com sua simplicidade
É aquarela na tela.


Solto no ar,
A voar,
São lindos confetes
Sobre a grama.


Quando é noite,
E tudo se cala
O clarão da lua
Envolve a linda
Infância adormecida.


BEIJINHO
Lucas Costa Rodrigues


O beijinho é uma flor
Que dá amor,
Dá carinho
E calor
Para as pessoas.


Eu tinha um jardim,
Nele havia capim,
Também tinha carmim
E, por fim, um alecrim.


A liberdade
Ajuda na amizade
Entre as pessoas,
Cria fidelidade
Numa sociedade
E ensina a falar
Sempre a verdade.


Com sabedoria
Eu gasto a minha energia
Para fazer poesia.
Durante o dia
Eu ria
E tinha mais alegria.


UMA PROFUNDA E BELA FLOR
Matheus Salkini Teodoro


Como uma linda flor,
Ela é colorida, assim possuindo alegria
Ela também tem pureza e muita delicadeza


Com aquarela, ela pinta a tela
Para alegrar a vida dela
E cria sempre uma imagem bela


No coração dela,
Tem energia,
Assim aumentando
A sabedoria a cada dia


Ela é uma flor...
Também chamada amor


UMA FLOR MUITO COLORIDA
Vitor Dias Castanheira


Uma flor muito colorida
Se chama beijinho
E me traz um carinho
Perto dela existe um ninho
De um pequeno canarinho


As sementes do beijinho
São espalhadas na tela
Pintada em aquarela
E me lembram
Beleza e pureza


As sementes do beijinho
São regadas por um moinho
E viram um brotinho
Muito bonitinho


Já crescida
Em volta de capim e de alecrim
Formam um jardim
Que dá alegria para mim

DIA-A-DIA
Mariana Pontes

Numa tarde
Um lindo pôr-do-sol
Iluminava o pé da serra
A flor que era amarela
No final, laranja era


Logo foi anoitecendo
E o beijinho escurecendo
Um novo dia virá
Para o beijinho novamente brilhar


Numa noite bonita e fria
O beijinho no meu sonho estava
E dormindo ao meu lado
Tornava meu sono longo e pesado


BEIJINHO
Athina Salim


Numa manhã de Domingo
Surgiu um lindo beijinho
Num jardim todo florido
Despertando em mim um sorriso


Com o beijinho
Veio um canarinho
Que fez um ninho
E lhe deu muito carinho


O vento bateu
E a semente levou
Um novo beijinho nasceu
E num canteiro floresceu


De muitas cores ele era
Parecia uma aquarela
E no cantinho da janela
A flor brilhava, era bela


GRUPO INTELIGÊNCIA MÁGICA - FLOR DENTE-DE-LEÃO

SOLITÁRIA FLOR
Marcus Vinícius Garcia do Amaral

Entre as flores
Cresceu uma solitária.
Minha vida...
Plantando... alegria
Semeando... simpatia
Colhendo... amigos


Um aroma doce
Aparece em um campo de surpresa
Se caracteriza por aguda beleza
Tem um brilho exuberante
No pôr-do-sol fica fascinante


Suas pétalas são macias
Como o algodão.
Se liberta e se divide
Em fiapinhos pelo vento.


Ela brota em solo fértil
Para se fortalecer, crescer
E, novamente, voar...


DENTE DE LEÃO
Pedro Antunes

Meu dente de leão
Meu amigão
Vou te guardar para sempre
em meu coração.


Voa ao vento
Como o passar do tempo,
Quando cai no chão
Nasce como um novo grão.


Ela tem várias cores
Como fiapos de algodão
Em um sopro bem forte
Derrama-se na minha mão


Ela é muito sensível
Qualquer coisa a desmancha,
Vamos preservar o nosso
Dente de leão!


UMA FLOR PODE VOAR
Pedro Lúcio Picanço


Uma flor pode voar
É um belo dente de leão
Nasceu solitário
Mas, rapidinho, está como o mar
Todo branquinho como espuma.
Tem um sabor doce como mel
E eu fico pensando em um pastel.


A flor parece ter raios de sol.
A flor parece uma almofada de agulhas.
Até parece um porco-espinho, só que macio.

Todas querem voar.
Voar com esperança do mundo alcançar
A procura de um solo fértil
Bem gostoso para nele aterrissar
E sua semente deixar

A FLOR
João Pedro Molina

A flor, a bela flor
Com toda cor
Retira o terror
De um dia de pavor.


Uma flor tão solitária
Muito sedentária
Com cor bem precária,
Não é muito lendária.


E como o sol que brilha
Segue na trilha
Da evolução.
Sempre presente
Na vida da gente,
Como uma grande paixão.


Quando voar
Ela pode sonhar
Em ter uma grande nação
E em apenas um sopro
Pode virar um milhão.
Assim é o dente de leão!


GRUPO PIPOCANDO IDEIAS BOAS - FLOR ORQUÍDEA


DENTRO DO ORQUIDÁRIO
André Morton


Eu fui ao orquidário
Um de qualidade
Lá encontrei o Mário
E fiz uma amizade


Eu vi uma flor
Ela era de verdade
Ela tinha muitas cores
Para mim foi novidade


Parecia estar na natureza
Mas estava num jardim
Eu estava com Salim
Apreciando sua beleza


No jardim tinha um caminho
Onde encontrei um ninho
Com um passarinho
Mas eu já estava sozinho


A BELEZA DA ORQUÍDEA
Daniel Araujo


Eu estava no orquidário
Com o meu amigo Mário
E nós vimos uma flor
Que tinha uma cor


Lá tinha umidade
Também tinha claridade
Tinha muita luminosidade
E havia tranquilidade


Eu estava em um jardim
Que não tinha fim
E resolvi sentar
Para cultivar


Eu estava em um caminho
Quando eu vi um ninho
Que era de passarinho
E eu o tratei com muito carinho

ORQUÍDEA
Gabriel Lobo


Hoje estou com tudo
Cuidando das plantas, sim
Quem me ajuda com elas
É o meu amigo Salim


A orquídea é muito linda
E parece até um cone
Quem me ensinou isso
Foi a professora Simone


A orquídea não é grande
Que nem a torre de Pisa
Quem sempre fala isso
É a amiga Luíza


Elas devem ser respeitadas
Não como um mané
E eu sempre ouço isso
Do meu amigo André


A orquídea tem o caule magro
Até parece um papel
Quem cochicha sempre isso
É o meu amigo Daniel


Eu vi essa planta
No filme "Diabo Veste Prada"
E quem me lembrou disso
Foi a Maria Eduarda


Aprendi de que planta se extrai o açúcar
Ele vem da cana
Quem me disse isso
Foi a minha amiga Joana.

Essa planta é tão bonita,
Que todos pedem bis!
Um dos que grita empolgado
É o pequeno Luís.

ORQUÍDEA
Joana Marques

A orquídea é a minha flor,
E ela tem muita cor
Vive na natureza
Espalhando muita beleza.
Ela precisa de umidade
E também de claridade.
Ela é uma princesa
Enfeita o mundo com sua riqueza.
Gosta de viver nas árvores,
Mas ela não é parasita
Dela se faz a baunilha
Que além de cheirosa é saborosa
Tenho uma no meu jardim,
Ela está do lado do jasmim.


ORQUÍDEA
Luiz Cláudio Fonseca


A orquídea é tão bonita que me faz relaxar!
Tão, tão bonita que também dá vontade de cheirar!
Uma flor de qualidade...
Que me faz pensar na hora da verdade.
Eu pensei e decidi não ser tímido e encarar,
Encarei, afinal aquilo era vergonhoso,
E eu já estava quase furioso,
No final, recebi um "parabéns"!
E então, me dei bem,
Logo depois, a orquídea voou
E pousou na minha mente,
Pensei novamente: Muito bem!
A orquídea faz pensar em tudo na vida
Principalmente, no amor
Porque ela é uma bela flor.


ORQUÍDEA
Maria Eduarda Teixeira


Um dia nasceu uma flor,
No meio do caminho.
A orquídea me deu bastante amor
E bastante carinho.


Logo, num dia de calor,
Nasceu no fim do jardim
Um broto de linda cor
Que parecia um jasmim.


Elas me deram tranquilidade,
Me levaram a pensar que sou uma princesa
Me fizeram sentir felicidade
E encheram minha vida de delicadeza.


ORQUÍDEA
Salim Saud


A flor vivia na árvore feliz,
Quando chegou meu amigo Salim.
Ela pensava que eu estava alegre,
Mas, quando me viu, percebeu a tristeza.
A flor me jogou um fortíssimo feitiço
E firmou um compromisso.
Fui brincar com a Simone,
Bem contente no jardim.
Junto com ela vi
Uma flor chamada jasmim.

DETALHES DA ORQUÍDEA
Luisa Vieira Lameirão


A orquídea tem muitas riquezas,
Dela se faz a baunilha,
Gostam de viver nas árvores,
Mas não são parasitas!


Ela me parece uma pintura,
Ela dá vida à natureza,
Se essa planta não existisse,
O mundo não teria tanta beleza.


A orquídea é a jóia do mundo,
Ela tem as pétalas da cor do arco-íris,
Ela pode ser um presente,
para mim ela representa a alegria.


GRUPO ENTRE PONTOS E VÍRGULAS - FLOR GIRASSOL


DOCE GIRASSOL
Gabriela Porto

Meu doce girassol
Flor do calor
Que busca pelo sol
Em seu esplendor.


O girassol com toda a pureza
Roda com tranquilidade
Com leveza
E sem maldade.


Lá no meu canteiro
Perto do alecrim e do jasmim
Sinto o seu cheiro
Cheiro tão bom assim.

É uma bela natureza
Natureza sem tristeza
Que não guarda rancor
E que tem muito amor.

Com toda sua maturidade
E a sua solidariedade
Tem uma beleza cativante
É uma alma cantante.


O DEUS DO SOL
Nelson Kossuga

A flor do esplendor
O girassol, o meu amor.
Como um cata-vento ele gira
Procurando o Sol em sua mira.


Sua grandeza e beleza
Ligam-no a natureza
Quem o vir
Que tenha certeza
É Deus do Sol
Com sua pureza


Busca o Sol
Do nascente ao seu pôr.
Quer seu calor,
Quer um amor.
O girassol não guarda rancor.
Mesmo o pior lenhador
Recebe com grande humor.


Deus do Sol
Oh, grande flor,
Que até ao melhor escalador
Oferece dificuldade e terror.
Com todo seu tamanho e valor
Mal necessita de um floricultor.


Querido Deus, oh meu Senhor...
Por que desaparece do mundo como um vapor?

O CRIADOR
Pedro Roberto

O girassol olha para o sol
Ele se defende com sua maturidade
Vemos a sua beleza
Mas também a sua tristeza

Toda humildade e amor nos canteiros
Toda umidade e qualidade na terra
Contente por estar num jardim
Com a certeza de ser uma flor

Na biodiversidade cresce
Pintando suas cores com vigor
Sentindo a vantagem e o sabor de estar ali

Morrendo e sentido a dor
Se despedindo da vida
Com tranquilidade deixa sementes na natureza
Com responsabilidade, deixa-as e morre
Criando uma nova geração

GIRASSOL

Júlia Franklin

O girassol é uma flor com beleza
Parece uma luz acesa
Transmite uma inexplicável tranquilidade
Alegrando a comunidade


O jardineiro sorridente
Regou sua flor carinhosamente
Levando o beija-flor
A transmitir o seu amor


O povo esperançoso
Como sempre ansioso
Nunca guarda rancor
E sim o humor.


Todos nós lutamos de verdade
Com humildade e maturidade
Sempre com a certeza
De que somos amigos da natureza.

GIRASSOL
Michele Sampaio

O girassol brilha como o sol
O seu brilho é tão radiante
Que se torna o seu amante
E eu, rapidamente, fico saltitante

O seu movimento de rotação
Mexe com o meu coração
Vejo uma flor com um beija-flor
Sinto amor por um aviador

Que calor!


GIRASSOL
Juliana Valle


O girassol
Brilha como o sol
Flor brilhante
E cativante


Sua pureza e beleza
Traz a certeza
De que o homem não pode ter frieza
E nem viver na tristeza,
Deve proteger essa flor


O jardineiro
Cuida do seu jardim
Todo dia
Com muita alegria


Outros homens destroem
O Deus do sol
Causando muita dor
Ao floricultor


Ele se une as pessoas do bem
Para cuidar do jardim
Assim pessoas ficam sorridentes
Com um brilho nos olhos, felizmente.

GRUPO IMAGINAÇÃO FÉRTIL - FLOR DE CACTOS

DESERTO
Bento de Barros


Se você está no deserto,
Sem água, com o sol bem quente,
E sem opção para voltar.

Se você não tem nenhuma flor para quem dar amor,
Que poderia ter qualquer cor,
Nesse deserto quente cheio de cobras
E fica andando com o pé todo cansado,
Saiba o que eu faço.

Eu, nessas situações, sempre me arrasto para achar água,
meu corpo tem dor e amor, ao mesmo tempo.
Eu queria fazer uma canção
Que contasse minha história de superação,
Para então você ter muita paixão.


Se você está na boca da morte,
Chegue até a noite
E goste do ar que você pode respirar,
Para de novo poder amar.

CACTO
Bruna Nalin

O cacto nunca perde a sua cor, nem o seu humor
Com sua sabedoria, com sua resistência
Vai em frente

O cacto tem as suas variedades,
Tem também sua honestidade e sua bondade
O cacto tem sua própria magia,
Sua energia e sua alegria.

O cacto tem sentimentos
E, na nossa imaginação,
Ele consegue seguir até o fim.

CACTO
João Pedro Proetti

O cacto vence o calor e o sol do deserto
O cacto é mágico pelo seu armazenamento
Ele armazena água
Para não ter sede
Ele armazena amor, carinho, felicidade e alegria
Por isso ele não tem tristeza
Por isso não tem medo, nem horror,
O cacto não é fraco

DESERTO
Júlia Santarém

Estou no deserto sozinha
Sem ninguém
Com ninguém

Quando vejo um cacto cheio d´água
Com sabedoria
Com alegria

Vejo que ainda há uma esperança
Nesse mundo seco
Para sobreviver

Fui caminhando,
Indo embora
Encontrei um lugar

Vi que nele havia confiança
Achei mais esperança
Vi que ia conseguir voltar

Voltar para casa
Em casa eu tenho segurança
Não fico sozinha, tenho minha família

FLOR DE CACTOS
Luiza Cavalcante

Um dia,
Encontrei uma flor,
Ela era minha amiga,
Tinha de muitas variedades,
Mas só uma era de verdade.


Ela tinha vontade de brincar,
Mas não podia andar,
Não precisava ficar assim,
Bastava amar e crescer,
Porque tem sempre muita coisa para se fazer.


Nós já tínhamos amizade,
Mas eu nem sabia sua idade,
Mas era tanta, tanta bondade,
Que era só felicidade.

A FLOR DE CACTOS
Mariana Salim Saud

A flor de cactos
Fica no calor,
Não sente dor
E não tem pavor


Temos que amar
E também gostar!
Gostamos de cheirar
E de ver o vento ventar


Nós temos que ter amizade
E honestidade
Temos que falar a verdade
Com felicidade


Temos que ter imaginação
E fazer a preservação
Nós temos união
Cantando uma canção

QUEM EU SOU
Pedro Justa

Quem sou eu?
Meu cheiro só sai à noite
Meu corpo é verde
E tenho espinhos.


Quem sou eu?
Sou um tipo de cactos
Minhas pétalas são brancas
Só me abro à noite
E morro pela manhã

Só vivo uma noite por ano
Todos me chamam de DAMA,
Mas sou mesmo uma flor!

FLOR DE CACTO
Yasmim Guedes

Eu vejo o sol a brilhar
Eu vejo a areia no ar
Eu vejo um pequeno oásis
Uma única esperança
Para a minha sede matar


Há uma outra esperança!
Um pequeno cacto
Com uma flor linda
Em cima dele
Que à noite solta um perfume delicioso!


Ele enfrenta vários problemas
Pedras grandes.
Enormes obstáculos
Mas ele é forte!

Ele guarda água dentro de si mesmo
Para estar sempre preparado
E para estar sempre feliz!

GRUPO LÁPIS, PAPEL E IMAGINAÇÃO - FLOR GÉRBERA

AS GÉRBERAS
João Gualberto Braga

As gérberas mostram alegria
Mostram a fantasia das cores
As gérberas foram feitas para o amor.


As gérberas não descansam
Sempre estão acordadas
Deviam ser reconhecidas
Pois na vida, todos queremos lugar


Quando penso no arco-íris
Vejo as gérberas a brilhar
Elas são tão bonitas
Que não paro de olhar.


Sua família é toda colorida
Mas tem uma que não é
Algumas são tão pequenininhas
Que ficam escondidinhas.


Podem ser utilizadas
Como presente para a namorada
Que vai ficar apaixonada
Por você, toda encantada.

FLOR INSPIRADORA, ANIMADORA
Lorena Araujo Moreira


Estava olhando para minha vida
E vi que ela estava descolorida
Quando vi uma flor
Com muito valor.


Colorida e divertida
Um pouco solitária
Mas, muito linda.

Me inspirou a recomeçar
A iniciar um novo caminho
A lançar um novo olhar.


Agora, tenho um rumo a seguir
Com o meu amor posso ir


Agradeço a esta flor
Por me tirar da dor
Por me mostrar seu calor

MAR DE GÉRBERAS
Mariana Pachá Vieira


No final do inverno,
Início da primavera,
Vou a um jardim e
Vejo gérberas por onde eu olho.


Um mar de gérberas,
Um arco-íris sem fim
Parece que foram pintadas
Com todas as cores do mundo.


Nunca vi nada igual
Formariam um lindo buquê!
Do caule até a ponta das pétalas.
É uma obra de arte para se ver.


Vão ficar eternamente em minha memória.
E quando eu estiver triste,
Vou me lembrar das cores das gérberas
Intensas e vibrantes
Aí então, me alegrarei.

O AMOR DA GÉRBERA
Paula Damasco


Gérbera uma flor
Um amor
Que necessita de cuidados


Sua cor, vibrante
É como paixão a primeira vista
Seu caule, firme
É difícil de acabar


Única, especial
Perfeita pra você,
Que está a procura de alguém
Mas que cuide dela com dedicação


Sempre linda,
Está pronta para enfeitar
Seja momentos de amor
Ou até mesmo de dor


Unida ao seu caule,
Parece que foram feitos um para o outro
Em uma união
De impossível separação

SOPRO DE FELICIDADE
Rafaela Prado Siqueira


Forte, intensa de vários tipos.
Tímida, ao mesmo tempo atraente.
Solitária, de parentesco alegre.


Com seu jeito próprio
Chama a atenção
Transmitindo grande emoção


Uma notícia boa
Pra quem não faz nada à toa.
Trazendo um colorido forte e único
Transforma tudo e todos


Inspira pintores e autores
Com sua beleza, pureza e leveza.
Espantando todas as tristezas
Que a vida traz


Encantando e ativando a imaginação
De pessoas de todas as idades
Trazendo um ar de liberdade
Para toda a sociedade

GÉRBERA
Rodrigo de Abreu Kapiska



Nasce sozinha,
Só que não permanece assim.
Durante a vida,
Sua beleza lhe faz companhia.


Suas pétalas
Trazem o infinito
Sendo impossível serem contadas


Longas, quando desenhadas
Rasgam o papel.
Quando ofertadas,
Despertam o amor.

E suas cores iluminam
A pessoa amada

AMOR DAS GÉRBERAS
Fernanda Fontes Borba


Uma flor, uma esperança
Para o amor.
Uma flor, uma riqueza
Que pode ser eterna.

Um sentimento inexplicável,
Uma conquista inacabada.

A vida pode ser uma flor,
Mas também traz dor.

Em momentos de tristeza,
Há uma certeza
Com leveza, esse tempo vai acabar.
E a felicidade vai voltar.

GÉRBERA
Laís Gomes Lattanzi



A Gérbera é uma flor solitária
Só que é totalmente colorida
Como um arco-íris.
Floresce o ano inteiro
Brotando em cada haste uma flor
Para dar ao seu amor.


A Gérbera é muito conhecida
Pois ela lembra a vida e a alegria
E é da família do girassol e da margarida
Que também trazem muita energia.


Uma flor chamada Gérbera
Tem a certeza de expandir sua beleza
Pois ela floresce o ano inteiro
Garantindo pureza e delicadeza.


Pavor, terror e dor
Não entram na raiz de uma flor
Já que ela tem uma vida iluminada
A Gérbera é uma flor abençoada
Que quer liberdade e claridade.

GRUPO VALEU A PENA - FLOR COPO-DE-LEITE

COPO-DE-LEITE
Caio Degli

Com imensa clareza,
Por sua beleza e delicadeza
Estava apaixonado, com certeza


Sonho da minha vida
Vida da minha alma
Estava encantado


Amiga de todos
Seu jeito especial
Podia me levar para além da realidade


Inspiração para a alegria
Olhos de anjo
Beleza incontestável


Paixão infantil
Sem início
Nem meio
Nem fim

COPO-DE-LEITE
João Pedro Longuinho

O branco traz a pureza
E isso é sua beleza
Mas uma beleza com amor
Pode também trazer a dor


De uma paisagem ela necessita
Para levá-la a uma viagem até o esplendor
Um jardim sem essa flor
Não tem nenhum valor


Em um canteiro
Libera seu cheiro
E sua gentileza
É seu ato de delicadeza


Em sua cor
Eu encontro coragem
Coragem que me liberta
De uma possível maldade.

A FLOR
Fernando Mattos Gameleira

Chegava então na casa dela
Um pacote com uma flor
Não se sabia nem de quem era
Mas só era destinado a ela


Abriu depois o cartão
Estava até com seu nome
Não entendeu a mensagem escrita
Mas quem escrevia era João


Foi procurá-lo.
Mas não o achou
Na escola, no bairro...
Realmente, não encontrou.


Só lhe restou a flor
E uma dor que não cessou!


Isabel Fernandes


A linda flor que você aparenta ser,
Desperta amor em meus olhos de fã
Sua delicada forma de viver
Dá-me a sensação de te ter como irmã


Felicidade me lembra a amizade,
Sua estrela brilha em meu coração
Sua beleza me traz a natureza
Sua personalidade me transmite pureza
E me dá a certeza da sua luminosidade
É a verdade,
Você me traz coragem.


Fã, eu sou de verdade,
Por você tenho muita admiração
És a minha exceção,
Para os meus aplausos, a razão.

FLORES SÃO COMO ELAS
João Guilherme Itaboraí


Elas lembram fantasia
Elas cheiram alegria
Elas são como copos-de-leite,
transmitem pureza, transmitem leveza.


Elas lembram sinfonia
Elas cheiram poesia
Elas são como margaridas,
transmitem inocência, transmitem essência.


Elas lembram união
Elas cheiram paixão
Elas são como rosa,
sendo o centro do mundo
Da imaginação.


Elas são como flores
Flores são como elas
Elas são as fadas
e as flores suas filhas.

BRINCANDO DE AMAR
João Guilherme Itaboraí


Levo a minha vida
e também a minha flor.
Levo a minha família
e esqueço o meu amor.


Chegando ao meu destino
tive vontade de voltar
à estação de trem
para o meu amor recuperar.


O meu destino
eu tinha que mudar
ela partiu
brincando de amar.

A ESPERANÇA
Manuela Bartholo

É ela,
a mais bela
a mais pura
a que deixa o pesado
sempre de lado


Ilumina qualquer ambiente
Tranquiliza todos e um
Embeleza muitas vidas
Preenche onde não há nenhum


Caminhando pelo jardim
Semeando com amor
numa procura sem fim
encontrei a minha flor


Em meio a escuridão
clareou a minha trajetória
me mostrando um ponto de luz
e marcando a minha memória

RENASCER
Marcelo Pimentel


O céu tinha cor escura
As ruas estavam caladas
As praças cheiravam a pavor
Havia guerra e muito horror


Na praça um copo de leite nasceu
As pessoas começaram a sair de casa
Para olhar aquela linda flor
Que acabara de nascer
No meio de tanta dor

O medo diminuiu
O céu clareou
A flor desabrochou
E a paz de novo reinou

MINHA FLOR
Bernardo dos Santos

Minha flor,
nosso primeiro encontro foi inusitado,
mas logo mudou-se para meu jardim,
surpreendendo o mais experiente dos botânicos!

Carinhosa, forte, frágil, delicada
compreender você é mais difícil do que parece.

Nossa amizade me ensinou muitas coisas
sinto-me lisonjeado ao cuidar de ti
você é minha flor
e eu seu jardineiro.
Vou te manter aqui,
mesmo que me machuque nos seus espinhos.

GRUPO ESCRITO NAS ESTRELAS - FLOR ROSA

A RAINHA DAS FLORES
Nathalia Salim

Minha bela flor
Você contém pétalas sedosas
E é macia como algodão
Seu perfume toca o meu coração

Seu cheiro é impecável você é delicada
Mas também é forte
Contém espinhos para se proteger
No jardim gosto de te ver crescer

Não gosto quando os homens
Retiram você da natureza
Mesmo que seja para fazer um buquê
Sinto pena de você

Oh! Rosa!
Oh! Bela rosa!
Como gosto de você!

UMA RAINHA
Victor Smith Zurli

Eu tenho uma flor perfumada
Ela é muito cheirosa
Tem espinhos para se proteger
É uma flor maravilhosa
Suas pétalas são macias e sedosas
É uma jóia muito bonita
Ela é bem charmosa
Representa o amor
É como um sentimento
É também como um presente
Ela me lembra a liberdade
É bondosa e vaidosa
Ela é uma rainha
E o seu nome é ROSA

ROSA LINDA E PERIGOSA
Giovanna Felice

A rosa é uma rainha
Que pertence a natureza
É uma jóia de rara nobreza.

Tem uma pétala macia e sedosa
A rosa é maravilhosa
Ela não é maldosa,
Mas é uma flor vaidosa.

Eu fico muito contente
De saber que de uma semente
Nasceu uma flor tão especial,
O que foi muito legal!

Ela me deu inspiração
Para a preservação da natureza
E para a criação desse poema,
Que foi minha grande proeza!

MINHA ROSA
Arthur Ozório

A rosa é minha flor.
Ela sempre me lembrou o amor.
Eu sempre cuido dela.
E ela sempre fica mais bela.

Minha flor é uma rainha.
Ela é uma amiga minha.
Quando ela quer água.
Sempre é ajudada.

Minha flor é bonita.
Ela nunca é esquecida.
Eu sempre a amei.
Então ame ela também.

A rosa é única.
Sua beleza é muita.
Não deixe ela acabar.
E agora venha ajudar.

A FLOR DO CARINHO
Arthur Ozório

A rosa nos salvou.
Os doentes ela curou.
O mundo está contente.
E foi salva muita gente.

A rosa nos deu carinho.
E deu com seu jeitinho.
Ela cuidou de crianças.
E nos deixou esperanças.

A rosa foi solidária.
E deixou isso em nossas ações diárias.
Essa flor tem um grande coração.
Que nos encheu de emoção.

Ela é muito cuidadosa.
E também é carinhosa.
E você não seja rude.
Faça como ela e ajude.

ROSA COMO VOCÊ É?
Ana Beatriz Luna

Rosa, rainha das flores
Tem espinhos para se proteger.
Suas pétalas são macias e sedosas.
Rosa, perfumada que só ela

Parece com uma coroa de rei
Cheirinho de perfume de mulher.
É uma jóia para os campos.
Suas pétalas até parecem cetim

Rosa, muito jeitosa.
Quando a transformam em buquê
Ela fica toda prosa

Suas pétalas são muito gostosas
Quando olho para elas
Me lembro do algodão
Em um coração
Entra com muita dedicação

Rosa, suas cores são de encantar
Ela é oferecida muitas vezes como presente
Rosa, você é muito boa com declaração
Mas, que venha sempre com um cartão.
Rosa, seu sentimento é amor...

ROSA
Hugo Sathler

Passei a mão em uma coisa sedosa
Vi que ela era charmosa
Notei que era uma flor chamada Rosa.
Ela era uma flor jeitosa
Muito prosa e vaidosa
Mas realmente muito perigosa.

Na hora de tocar na Rosa
Percebi que ela era muito maldosa
Ela parecia uma jóia ou um algodão
Senti que a flor também era gostosa.

Mas ela me arranhou o coração
Pois é muito espinhosa
Aquele algodão ardeu minha ferida
As pétalas começaram a murchar
E tudo começou a mudar.

GRUPO MÃO NA MASSA - FLOR ONZE-HORAS

A HISTÓRIA DA “ONZE HORAS”
Anna Clara Schall Campos

A onze horas é uma flor
Que se abre com a luz do sol
E se fecha na escuridão

Ela procura o amor
Procura a felicidade
A alegria e a energia

É colorida e fácil de plantar
Faz a gente brincar
Querer saltar e dançar

Ela se abre todo dia
Só que apenas às onze
Temos que esperar essa hora
Esperar para vê-la nascer

Ela tem muita alegria
E se encontra na natureza
Vou gostar dela, com certeza


ONZE HORAS
Gustavo Lauria

Onze–horas é uma flor
Que tem amor, alegria
E também muita energia

Com felicidade
Fica na cidade
Tem lealdade

Ela tem a beleza
Da natureza
E com a luz solar
Ela vai amar

Todo dia
Luz ela irradia
E me faz saltar
E querer preservar.

ONZE HORAS
Ian Drumond

As onze horas
Me dizem que eu vejo as toras
E parece que elas têm umas argolas

Às vezes me dão energia
E isso quase todo dia,
Pois me trazem felicidade,
Me dão sua amizade

Elas trazem a hora certa:
ONZE
Perto delas eu pego um bronze

Elas sempre me fazem amar
E vem me inspirar
Até a plantar

Bem lá em casa
Em um canteiro colorido
Cheio de amigos.

ONZE FLORES
Gabriel Flores



Gabriel Flores, Flores de felicidade
Gabriel Flores, Flores de muitas cores
Onze horas, a hora certa
Onze horas, uma boa hora para ficar com os amigos
Onze horas, flor da luz
Onze horas, uma flor que se abre com a luz do sol
Onze horas, fácil de plantar
Onze horas, é colorida
Onze horas, canteiros coloridos
Onze horas, se fecha na escuridão
Onze horas, procura amor
Onze horas, quer energia e alegria

ONZE HORAS
Marcelo Lovisi

A onze horas
Abre com a luz do sol
Ela é colorida
E fácil de plantar
Dá muitas flores
Desperta novos amores
Ela procura felicidade e alegria

Onze horas
É uma boa hora
Para eu ir brincar
Com meu irmão

Essa Onze horas
Me faz ficar feliz
Deixando um gostoso perfume
Bem no meu nariz

O CANTEIRO COLORIDO
Kamila Picanço

Nos canteiros coloridos
A flor onze horas estará
Quando o sol está queimando
A flor aparece toda aberta,
Bem bonita e cheia de alegria

Nos dias chuvosos
A flor fica triste, sem energia
Coitada, a flor só abre uma vez no ano
Seu perfume me contagia
Minha felicidade de vê-la é enorme

Gosto de seu amor pela natureza
Gosto, com toda a certeza
Fico mesmo encantada
Gostaria de ser também uma flor
Cheia de beleza.

GRUPO SEREMOS ALGUÉM - FLOR BROMÉLIA

BROMÉLIA
Thais Pinheiro

Não são parasitas
Só se mostram ao mundo uma vez
É provável que isso as torne meio esquisitas
Suas falas estão repletas de “talvez”

Pode se mostrar meio confusa
É apenas um escudo para a solidão
Apenas outra palavra que se usa
Pra esconder a dor no coração

Ela corre pra dentro da floresta
Tentando se esconder ainda mais
Nunca encontraram uma fresta
E decifrá-la ninguém é capaz

No mundo, isso persiste
Ganha quem não está perto
Os diferentes não existem
O mundo deles é deserto

BROMÉLIA
Victor Alexandre Santos Peixoto

Bromélia é uma flor
Comum no jardim
Tem uma bela cor
Como um lindo jasmim

Uma planta resistente
Pode estar no bosque
Ou ali mesmo
enfeitando um poste

Sua flor preciosa
Somente uma vez aparece
E mesmo com fortes lanças
A planta falece

BROMÉLIA
Teodora Figueiredo dos Santos

A princesa Jasmim
tem um amor
pelo seu jardim
E seu maior temor
é perder a raridade
de seu canteiro,
cheio de variedade,
pois não adianta ter dinheiro
sem felicidade.

Um dia, uma flor,
que já estava velha
revelou uma nova cor
parecendo de groselha
Cheia de beleza,
assim era a bromélia.

Com alegria, a princesa
teve uma boa idéia
preservar a natureza
era sua odisséia.

A VELHA BROMÉLIA
Spencer Morton

A bromélia
é uma jóia natural
Ela tem muita beleza
É bonita como uma princesa

Na floresta, ela encanta todos,
Com sua alegria em formação
A água em seu reservatório
Garante a sua proteção.

A sua cor
representa o amor
que eu tenho dentro de mim
São as flores do meu jardim.

Na minha lembrança
Não ficarei mais sozinho
Como um passarinho
Em busca de seu ninho.

Pois o jardineiro,
que trabalha em meu canteiro,
te deu vida,
minha flor querida!

BROMÉLIA
Isabela Grizzi

Pode estar na janela, no canteiro ou no jardim,
mas nunca num mundo sozinho
Precisa de uma outra planta
para seguir o seu caminho

Elas não são parasitas
como sei que há outras flores
são um tanque de vida
criando um espetáculo de cores

A bromélia, no jardim,
Florescendo, é uma raridade
com suas cores vivas,
representando a diversidade.

São muito resistentes
se adaptam com facilidade
Elas possuem um reservatório
que lhes garante a vitalidade.

MINHA FLOR
Daniel Flores

Certo dia, eu vi uma flor
Ela era um espetáculo
Um poço de vida

Minha flor amarela
Na luz reluzia
Eu a guardei com amor

Ela era minha jóia
No meu jardim ficou
Como numa floresta inteira

Porém, um dia, minha flor sumiu
Entre tantas mil
Do meu rico jardim

Todo meu calor virou frio
E o meu amor virou dor
Na minha história sem fim

BROMÉLIA
Cláudio Junior

Um dia, eu estava andando
e fui inspirado por uma flor
pensei que estava ferida
mas ela ainda tinha cor
Era uma beleza
Eu cuidei dela
porque ela é da natureza.

Estava muito calor
a planta estava morrendo
sofrendo, com dor.
Chamei minha irmã Yasmim
que não nega a ninguém seu amor
E ela saiu correndo
Veio para o meu jardim.

A planta se curou
Nos encheu de felicidade
Graças a Yasmim
que teve tranqüilidade.
Depois, o meu pai confirmou
aquela planta era assim
tinha um amor e uma dor.